21 de janeiro de 2022

CAIRU: Não há divulgação de boletins sobre vacinas

Prefeitura rebateu dados oficiais da Secretaria Estadual, mas não comprovou e não divulga vacinômetro.

0 134

Ontem publicamos os dados da SESAB que expôs o município de Cairu sobre seu desempenho na imunização da população. No link que apresentamos na matéria, qualquer cidadão pode fazer a consulta. O site é da Secretaria Estadual de Saúde, mas as gestões municipais é que são responsáveis pela alimentação das informações.

A Prefeitura de Cairu logo fez uma postagem rebatendo, afirmando que os dados oficias do Estado, mesmo atualizados, estão equivocados, mas não mostrou nenhuma comprovação da porcentagem de 87,9% de vacinação dos grupos prioritários mencionada na publicação.

Veja, clicando no link abaixo, a resposta da PMC à nossa matéria:

https://www.facebook.com/102145221843685/posts/133887475336126/

A Secretaria de Saúde de Cairu deve preencher o sistema para tornar oficial essa porcentagem (de 87,9%) porque, por enquanto, os dados indicam o contrário do propagado pela PMC. O número divulgado no Facebook e Instagram é muito diferente do que está no mapa da SESAB, que aponta que Cairu utilizou apenas 44,6% das doses de vacina que recebeu.

A Secretaria de Saúde de Cairu divulga apenas o boletim epidemiológico diariamente nas redes sociais e não existem dados sobre chegadas de vacinas, número de doses recebidas e aplicadas. Ou seja, não há atualização da Prefeitura nesse sentido e a única forma do cidadão saber é consultar a página abaixo, que foi a nossa fonte para apresentar os dados da matéria de ontem:

https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/

A SESAB (Secretaria Estadual de Saúde) mostra que Cairu está nas últimas posições no ranking de vacinação no Território do Baixo Sul, com menos da metade das doses recebidas já aplicadas no público-alvo.

No entanto, se a afirmação da Prefeitura estiver correta, o município deve se empenhar para alimentar o sistema e atualizar os dados. Isso também é responsabilidade da Secretaria Municipal de Saúde. E se os dados divulgados ontem nas redes sociais da PMC se confirmarem, esta semana, deve haver divulgação da vacinação da população quilombola e a imunização chegará nas comunidades como Galeão, Torrinhas e Monte Alegre mais aceleradamente porque esta é a liberação para as cidades que usaram 85% das doses, além de pacientes que fazem tratamento de hemodiálise e idosos com 65 anos de idade. Ou seja, Cairu deve vacinar esses novos públicos-alvo nos próximos dias, caso tenha realmente o desempenho diferente do que diz a SESAB.

Sobre o vacinômetro (boletim que dá transparência sobre doses recebidas, aplicadas e públicos-alvo), a Prefeitura de Cairu provavelmente deve adotar após a nossa matéria já que, até a nossa publicação, a população cairuense não tinha nenhum conhecimento sobre os dados de maior interesse no momento.

A agilidade na imunização da população pelas gestões municipais já foi tema de nosso site no sábado passado, quando alertamos para os critérios de recebimento de novas doses e que algumas cidades do Baixo Sul poderiam não receber mais remessas de vacinas. A permissão para vacinar novas faixas etárias só acontece se o a gestão municipal cumprir as metas. Veja a matéria clicando abaixo:

DOSES RECEBIDAS HOJE NA BAHIA PODEM NÃO CHEGAR NA SUA CIDADE. SAIBA POR QUE.

O nosso site vai continuar colocando em pauta assuntos de utilidade pública para colaborar com Baixo Sul.

Imagem retirada na página de Acompanhamento da Cobertura Vacinal Covid-19 (SESAB). Para fazer a consulta, arraste o mouse em cima do mapa, procure sem clicar e já aparecerá os dados referentes ao município. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.