22 de abril de 2024

30 de janeiro de 2024

Valença tem mais uma ganhadora da Nota Premiada Bahia

Campanha de cidadania fiscal do Governo do Estado premia pela sexta vez um valenciano em 2023.

 

Uma moradora de Valença foi sorteada na Nota Premiada Bahia. A contemplada, que se chama Joelma M. D. M. R. vai receber o valor de R$ 10 mil.

Em maio deste ano, 3 valencianos receberam o prêmio de R$ 10 mil na Nota Premiada Bahia. E em setembro, mais uma ganhadora de Valença levou o prêmio. Em outubro, outro vencedor também levou o mesmo valor.

Os nomes dos 91 ganhadores do sorteio de novembro da Nota Premiada Bahia foram divulgados nesta quinta-feira (23) pela Secretaria da Fazenda (Sefaz-Ba), responsável pela campanha de cidadania fiscal do Governo do Estado.

O prêmio principal, de R$ 100 mil, ficou para um morador de Salvador, do bairro do Imbuí. Dos 90 prêmios de R$ 10 mil, os moradores da capital conquistaram 53, enquanto os do interior ficaram com 37.

Os prêmios foram distribuídos entre participantes de 20 municípios. As cidades com maior número de ganhadores no interior foram Feira de Santana, com sete, e Lauro de Freitas, com quatro. Na sequência, com três ganhadores, estão Barreiras, Eunápolis, Jequié e Vitória da Conquista. Já Camaçari contou com dois contemplados. Fecham a relação, com um ganhador cada, os municípios de Aracatu, Arataca, Caetité, Dias D’ávila, Ibirataia, Ilhéus, Ipiaú, Itabuna, Rio do Pires, Rui Barbosa, São Francisco do Conde e Valença.

Confira os nomes dos ganhadores: 

Como participar

Para participar da Nota Premiada Bahia basta se cadastrar uma única vez, preenchendo o formulário disponível no site http://www.notapremiadabahia.ba.gov.br e, após essa etapa, pedir para inserir o CPF na nota fiscal a cada compra realizada em estabelecimentos comerciais de toda a Bahia.

O participante, no ato do cadastro, escolhe até duas instituições filantrópicas que integram o programa Sua Nota é um Show de Solidariedade, uma da área social e outra da área de saúde, para doar as suas notas eletrônicas.

A cada quatro meses, as notas compartilhadas transformam-se em repasses para as entidades.

 

 

Deixe uma resposta