14 de abril de 2024

30 de janeiro de 2024

Trabalhadores da obra da Orla de Valença protestam por falta de pagamento

Manifestação se intensificou nesta quarta-feira (22) e o gerente sumiu!

 

Os trabalhadores da obra da Orla de Valença continuam a se manifestar pelas ruas por falta de recebimento da remuneração.

Segundo eles, são duas quinzenas pendentes e a situação não foi resolvida como foi noticiado.

Na manhã desta quarta-feira (22), um grupo estava na porta da empresa JRW, que fica na Praça Matias de Assis, na Vila Operária, queimando pneus na busca de chamar atenção para o problema.

A obra está paralisada há vários dias e antes já vinha num ritmo de lentidão.

A empresa, cuja sede em Valença foi inaugurada no dia 9 de jullho deste ano, estava fechada e não recebeu os manifestantes. Os responsáveis da subcontratada não aparecem pra dar satisfação. Segundo eles, a todo o momento um gerente chamado Gilson avisa que já vai fazer o Pix, mas não efetua o pagamento.

“Enrolação! Só quem fez rescisão recebeu. A maioria continua sem dinheiro nenhum. Agora ele diz que espera que a empresa CIAM pague a JRW para fazer o repasse. A gente não vai parar de protestar até eles resolverem”, desabafou um dos profissionais.

Ainda de acordo com os funcionários, de cerca de 40 pessoas envolvidas, apenas 15, receberam uma parte no dia de ontem porque pediram para sair e tiveram suas rescisões efetivadas.

Parte dos homens que estavam protestando informou à nossa redação que resolveu pedir demissão porque não aguenta mais os constantes atrasos em seus proventos. Muitos reclamaram que estavam trabalhando sem carteira assinada e que a empresa recolheu suas carteiras de trabalho há cerca de 9 meses, mas que até o momento ainda não foram admitidos formalmente. 

Esta etapa da execução dos serviços de revitalização da Orla de Valença é de responsabilidade da Conder, órgão vinculado ao Governo do Estado. A obra começou ano passado e a inauguração está prevista para 2024.

Deixe uma resposta