17 de abril de 2024

30 de janeiro de 2024

Salvador e Cairu são destaques nacionais no programa Investe Turismo

As duas rotas foram contempladas no diagnóstico das infraestruturas de transportes.

 

A Bahia tem duas rotas contempladas no diagnóstico das infraestruturas de transportes divulgado em março, que servirá de base para elaboração do Plano Diretor de Mobilidade e Conectividade Turística como parte do Programa Investe Turismo.

A iniciativa visa fortalecer o segmento como atividade relevante para a economia em diversos territórios do Brasil e, além de abranger a infraestrutura, tem outras linhas de atuação, como ações de capacitação e divulgação, em desenvolvimento há cerca de três anos.

Em conformidade com as demais 28 rotas turísticas estratégicas do Brasil selecionadas para o trabalho, os roteiros baianos estão dentro das propostas do Fórum de Mobilidade e Conectividade Turística (Fórum MOB-Tur).

A rota Salvador e Morro de São Paulo (Cairu) conta ainda com Mata de São João. O roteiro atinge as regiões turísticas Costa do Dendê, com Cairu, incluindo Morro de São Paulo e Boipeba; Baía de Todos os Santos, com Salvador; e Costa dos Coqueiros, com Mata de São João.

O programa, criado em 2019, atinge também a rota Costa do Descobrimento, através dos municípios de Porto Seguro (distritos de Arraial d’Ajuda, Trancoso e Caraíva) e Santa Cruz Cabrália.

Capitaneada pelo Ministério do Turismo, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), a iniciativa foca o aumento da qualidade e competividade nas localidades que fazem parte do programa diretamente, bem como região do entorno.

O estudo inicial focou as informações sobre estruturas existentes em rodovias, hidrovias e vias aéreas nas duas rotas analisadas no estado, com levantamento de terminais de passageiros nos três modais.

Executado pelo Laboratório de Transportes e Logística da Universidade Federal de Santa Catarina (LabTrans/UFSC), “o diagnóstico possibilitará o planejamento do transporte turístico de passageiros no país para ofertarmos melhores condições de deslocamento aos destinos turísticos brasileiros”, afirmou o ministro do Turismo, Carlos Brito.

Para ele, investir em suporte de acesso turístico é fundamental e prioritário. “Seguimos preparando os nossos destinos para receberem cada vez melhor os visitantes no pós-pandemia”, salientou.

A próxima fase do Programa no setor de infraestrutura será propositiva, com diretrizes que orientem os 158 municípios contemplados no Brasil. Segundo o cronograma do projeto, divulgado na assinatura do convênio entre MTur e LabTrans/SC, a conclusão desta etapa está prevista para setembro/22.

Plano de ações

A expectativa agora é para a próxima etapa, que vai apresentar o plano de ações para melhorar a infraestrutura existente. Para o empresário do ramo turístico em Morro de São Paulo (Cairu), Altemir Lopes, existe a perspectiva que venha incrementar a atividade na região.

Entre os pontos que precisam de intervenção, ele citou dificuldades de acesso. “O que não é tarefa fácil”, pontuou, acrescentando que o translado por via aérea, “embora de grande relevância ainda é reduzido e as embarcações de grande porte (catamarã) deixam a desejar em alguns aspectos”.

 

Fonte: A Tarde
Foto: Agência Andrade | Elton Andrade 
(Cairu - Arquipélago de Encantos)
Deixe uma resposta