17 de abril de 2024

30 de janeiro de 2024

Precatórios 2: APLB disponibiliza lista dos municípios com valores a receber

No Baixo Sul, a previsão é de mais de R$ 600 milhões de recursos.

 

A APLB-Sindicato disponibilizou a lista dos municípios com direito à complementação de valores pagos ao Fundef, em razão de erro no cálculo do valor mínimo anual por aluno (VAAF) repassado.

A planilha feita pela assessoria jurídica da APLB, em parceria com o Instituto Cívicas, mostra a relação das cidades e os valores que deixaram de ser pagos.

“Chegamos às diferenças que podem ser cobradas até o final de outubro. Estamos chamando a categoria para habilitar-nos nos processos que ainda estão em andamento, cujos valores estão fora desta planilha”, disse o advogado Aldairton Carvalho, destacando que cada município tem até o final deste mês para, junto à APLB, ajuizar as ações e cobrar esses valores da União.

As explicações foram dadas pelo professor Rui Oliveira, coordenador geral da APLB, vice presidente da Frente Norte e Nordeste pela Educação, e o advogado Aldairton Carvalho, numa live transmitida nesta terça-feira (03/10).

Confira os valores para cada município do Baixo Sul: 

Cairu: R$ 41.258.023,97
Gandu: R$ 67.271.589,18
Igrapiúna: R$ 65.842.284,34
Ituberá: R$ 66.739.750,84
Jaguaripe: R$ 58.896.325,73
Nilo Peçanha: R$ 48.976.058,68
Piraí do Norte: R$ 9.247.042,14
Presidente Tancredo Neves: R$ 98.929.563,05
Taperoá: R$ 22.712.486,95
Valença: R$ 123.029.976,32

Total: R$ 602.903.101,20

Para assistir a live, clique no link abaixo: 

https://youtube.com/@APLBSindicato?si=oAYm5hiPopX5zA9d

Clique para ver a planilha com valores de todos os municípios da Bahia:

PLANILHA-DIFERENCA-VALORES-BAHIA (1)

2 Comentários
  1. Luis Claudio Pereira da Rocha Diz

    Gostaria de saber se o meu precatório vai sair esse ano

  2. Marineide Diz

    Euclides da cunha na Bahia, os prefeitos desviaram todo o dinheiro do fundef e não pagarão os professores ! Cadê a justiça desse país? É só pra ladão de galinha? Vários municípios já receberam e Euclides da Cunha não pagou nadaaaaaaa!VERGONHA !

Deixe uma resposta