14 de julho de 2024

30 de janeiro de 2024

Mulher é presa após chamar pai e filho de ‘negrada do inferno’ no DF

Ela ainda chutou PM ao ser abordada. Vídeo mostra cena.

 

Uma mulher de 64 anos foi presa em flagrante na quarta-feira (28) por injúria racial em Taguatinga, no Distrito Federal. Ela ofendeu pai e filho que passavam em frente a um shopping da região. “Negrada do inferno, vai pro raio que o parta”, gritou.

José Barbosa dos Santos, de 70 anos, e o filho Alcides Jesus Santos, de 39, estavam voltando de uma consulta médica – o idoso faz tratamento contra um câncer. Parados em frente ao shopping, eles comentavam a pintura do local.

Nesse momento, a mulher passa e ofende os dois. Uma PM fora de serviço que passava no local escutou as ofensas e questionou a idosa. Vídeo do momento mostra que ela tentou fugir da abordagem e ainda chutou o policial.

Um militar do Corpo de Bombeiros que estava próximo se aproximou e ajudou a conter a agressora. Ela foi levada à 21ª Delegacia e não teve o nome divulgado.

O caso foi registrado como injúria racial e vias de fato. Uma fiança foi determinada e, segundo Alcides, a agressora pagou R$ 1 mil e foi liberada.

“Racismo”
“A gente estava vendo as pinturas, porque tinha um andaime, e no tempo do meu pai não era assim. O serviço era feito com balanços”, contou Alcides ao G1.

Para ele, se trata de racismo e não injúria. “Quando ela fala ‘negrada’, ela envolve toda uma raça”, diz. “Fiquei sem chão, mas graças a Deus estava passando uma policial, que ajudou a gente. É inadmissível que, em pleno século 21, a gente ainda esteja tendo que ver essa situação no Brasil. É bastante complicado”, avalia.

Veja o vídeo:

Fonte: Correio

 


 

Deixe uma resposta