20 de janeiro de 2022

Ministro da Defesa pede demissão

O general Fernando Azevedo Silva informou através de carta que não faz mais parte do Governo de Jair Bolsonaro.

0 46

No mesmo dia em que o Ministro das Relações Exteriores, o diplomata Ernesto Araújo, anunciou ao Itamarati que iria pedir demissão do cargo, outro Ministro, o da Defesa, também renunciou nesta segunda-feira, 29 de março.

O gerenal Fernando Azevedo e Silva pegou todos de surpresa ao emitir nota oficial curta aonde informa que irá sair do Ministério da Defesa do Governo de Jair Bolsonaro. O militar agradece ao presidente, mas não explica os motivos que o levaram a pedir exoneração: “Saio na certeza da missão cumprida”.

Segundo rumores da imprensa, o Ministro da Defesa pode ter saído para ceder o lugar ao general Eduardo Pazuello, que é investigado em processos na Justiça Federal movidos por suposta omissão no combate à pandemia. Isso manteria o foro privilegiado ao ex-ministro da Saúde.

Ainda não se tem posicionamento do Palácio do Planalto sobre os desligamentos das duas figuras muito ligadas a Bolsonaro e nem anúncio sobre substitutos.

 

Nota: Ministério da Defesa

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.