17 de abril de 2024

30 de janeiro de 2024

Ações de combate ao furto de energia em Morro de São Paulo identificaram 330 ligações irregulares na Ilha em 2022

Nos últimos dias, uma pousada foi flagrada desviando energia; débitos superaram os R$ 150 mil.

 

 

As ações de combate ao furto de energia promovidas pela Neoenergia Coelba acontecem em toda a Bahia, abrangendo, inclusive, as ilhas do nosso Estado. Em Morro de São Paulo, uma das mais conhecidas, a distribuidora identificou 330 ligações irregulares em 2022, entre unidades residenciais e comerciais. Estas ações recuperaram 200 mil quilowatts/horas, energia que seria suficiente para abastecer cerca de duas mil residências durante um mês.

A última operação realizada pela distribuidora na ilha contou com o apoio da Polícia Civil e identificou uma ligação irregular em uma pousada local. Foi instaurado inquérito policial para apurar a conduta praticada pelo proprietário e a concessionária estima que o débito total da unidade comercial supera os R$ 150 mil.

“Além da questão de segurança e da ilicitude do ato, é importante ressaltar que estes estabelecimentos promovem uma concorrência desleal no setor, pois levam vantagem indevida em relação a outras empresas que atuam dentro da legalidade”, destacou o gerente da Neoenergia Coelba, Adriano Barros.

Como em toda operação de combate ao furto de energia, as ações em pontos turísticos visam garantir a segurança da população e dos visitantes. Por não ser realizada por profissionais habilitados, as ligações clandestinas colocam em risco a vida de quem as executa e das pessoas que ali estão. Além disso, essas irregularidades podem provocar sobrecarga na rede, causando interrupção de energia na localidade.

Crime e denúncias

Além de inseguro, o furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até a oito anos de reclusão pela prática ilegal. Por isso é importante a denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar a distribuidora. As denúncias são feitas de forma anônima através do telefone 116 ou pelo site da Neoenergia Coelba (www.neoenergiacoelba.com.br) na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

 

Deixe uma resposta