18 de maio de 2022

Píer anunciado por prefeito de Cairu está abandonado no mar

A compra de flutuantes foi propagada pelo gestor, dando a ideia de melhoria dos terminais nas ilhas. Equipamentos não foram instalados.

0 206

 

No dia 8 de abril, o prefeito Hildécio Meireles anunciou em suas redes sociais a compra de 2 píers flutuantes para Morro de São Paulo e Boipeba. No texto da publicação, o gestor de Cairu informa que eles chegaram de Salvador e seriam instalados nos terminais marítimos “nos próximos dias”.

Vídeo foi postado pelo prefeito, em 8 de abril

Não se sabe a fonte dos recursos para aquisição dos equipamentos, se do valor que a Dáttoli depositou na conta da Prefeitura para revitalização dos terminais ou se foram pagos com recursos próprios.

Hoje, 5 de maio, 27 dias depois, a Prefeitura ainda continua gerindo oa cais de Morro e Gamboa, mas os píers se encontram no meio do mar, sem ser instalados, conforme denuncia um leitor.

Um dos píers aparece na água, parados, aparentemente presos por uma corda, e ainda não atendem ao embarque e ao desembarque de passageiros. As fotos e vídeos foram registrados na manhã desta quinta-feira.

De acordo com o contrato de concessão, a reforma e a ampliação dos terminais de Morro de São Paulo e Gamboa e a construção de um novo em Boipeba são de responsabilidade da Prefeitura, que deve fazer licitação para contratar empresas da área para executar os serviços,  conforme um projeto moderno que foi planejado e prevê revitalização completa. O valor pago pela concessionária para essas obras de melhoria está disponível na conta da PMC.

 

Notícias relacionadas: 

Cairu: Leitor denuncia precariedade da ponte do Morro de São Paulo

Reforma é de responsabilidade da Prefeitura, que entregou equipamento como obra concluída.

Cairu: Leitor denuncia precariedade da ponte do Morro de São Paulo

—-

Justiça determina que a Dáttoli retorne aos terminais de Morro de São Paulo e Gamboa

Com a derrota, Hildécio Meireles tem que cancelar também a lei municipal de isenção da TUTE que ele sancionou, pois foi considerada inconstitucional.

Justiça determina que a Dáttoli retorne aos terminais de Morro de São Paulo e Gamboa

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.