13 de julho de 2024

30 de janeiro de 2024

Professores fazem manifestação a favor do piso salarial

Segundo os manifestantes, prefeitos de Nova Ubiá, Teolândia, Gandu e Wenceslau se negam a cumprir a lei federal.

 

Na manhã desta quarta-feira (16), professores dos municípios de Nova Ibiá, Gandu, Wenceslau Guimarães e Teolândia paralisaram a passagem de veículos na BR 101 numa manifestação reivindicando o pagamento piso salarial. A melhoria da estrutura das escolas também foi pauta.

A Polícia Militar foi acionada e, segundo relatos de alguns educadores, os agentes da PRE chegaram a lançar spray de pimenta nos manifestantes e ameaçaram agir caso fechassem a estrada. Vários educadores publicaram que foram intimidados por policiais com arma em punho.

Com palavras de ordem e cartazes e vestindo camisas pretas, trabalhadores da Educação gritavam “Por nenhum direito a menos: 33,24%!” Eles incentivavam que servidores de outras redes de ensino também cobrassem aos prefeitos o cumprimento da Lei Federal número 11.738/2008, que estabelece o reajuste.

Segundo os organizadores, a comunidade apoiou o protesto, que inclusive teve presença de vereadores e outros políticos.

“Só vence quem luta”, dizia a convocação para o ato.

A APLB Sindicato estava presente.

 

Deixe uma resposta