6 de agosto de 2022

Formas de pagamento de passagens de Valença às ilhas de Cairu são definidas por donos de embarcações

Os terminais de Valença, Morro, Gamboa e Bom Jardim possuem internet e estrutura para modernização, mas donos de barcos, lanchas e ônibus preferem exigir recebimentos exclusivamente com cédulas.

0 155

 

Foto: enviada pelo leitor.

 

Um leitor enviou para a nossa redação uma denúncia para ser averiguada e publicada na Coluna Tribuna Aberta: espaço para sugestões de pautas enviadas pela população.

Segundo o e-mail que recebemos, turistas vem reclamando que os pagamentos das passagens compradas nos Terminais de Valença, Morro de São Paulo, Gamboa e Atracadouro Bom Jardim, não podem ser realizadas com cartão ou via pix, comprometendo a segurança e a comodidade dos passageiros.

Em contato com a empresa que tem a concessão para uso e administração dos terminais, a Dáttoli explicou que é responsável apenas pela venda da TUT – Tarifa de Utilização do Terminal, que pode facilmente comprada por meio eletrônico. Ou seja, nesse caso, não tem exigência que seja só em dinheiro. O usuário pode escolher a forma de pagamento e a concessionária possui as maquininhas para aceitar cartões de todas as operadoras, além de pix. Oocorre que os donos de embarcações e dos ônibus só aceitam dinheiro vivo.

A Dáttoli informou ainda que a passagem é comprada “casada” (a TUT e a travessia) no mesmo guichê por uma parceria com a Astram (Associação de Transportes Marítimos de Valença) para facilitar o embarque dos passageiros e evitar filas, mas que repassa o valor referente a passagem diretamente aos proprietários dos barcos ou lanchas que detém as linhas nos horários. “A compra conjunta ocorre para dar celeridade no atendimento, mas cada dono de embarcação, individualmente, define as formas de pagamento da viagem”, disse a Dáttoli, em nota.

A empresa Transportes Dáttoli ressaltou ainda que oferece linhas próprias, a exemplo das com destino para Ilha de Boipeba saindo do Terminal Hidroviário de Valença, cujas passagens podem ser adquiridas no cartão ou por Pix, sem dificuldades. Além disso, o estacionamento do Terminal de Bom Jardim também é gerido pela Dáttoli e aceita cartões, dinheiro e Pix.

“As reclamações sobre formas de pagamento das passagens de embarcações que não pertencem a Dáttoli devem ser direcionadas a Astram”, completou a empresa no texto do comunicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.