22 de abril de 2024

30 de janeiro de 2024

Mudanças no Pix começam a valer hoje (04)

Medidas criadas pelo Banco Central visam conter golpes. A principal delas é o limite de valor de transferências no período da noite.

 

As mudanças no Pix começam a valer nesta segunda-feira (4), após inúmeros registros de vazamento de dados e aos crescentes relatos de golpes aplicados utilizando a ferramenta que realiza pagamento instantâneo entre qualquer tipo de conta sem cobrança de tarifas.

O mecanismo é uma revolução no sistema bancário brasileiro, certamente um dos mais avançados do mundo. O processamento interbancário é feito em segundos, em qualquer hora do dia, durante toda a semana, inclusive feriados.

As novas regras tem o objetivo de melhorar a segurança do sistema instantâneo de pagamentos e coibir a ação de criminosos.

O Pix tem como principal característica a praticidade. Apenas com a chave do favorecido, que pode ser um email, o número do celular, o CPF, CNPJ ou uma senha aleatória, o usuário envia o dinheiro de forma imediata e sem custo.  Antes de usar o Pix para mandar dinheiro para alguém, é importante seguir algumas precauções, como conferir o destinatário e sempre desconfiar de pedidos de dinheiro urgente.

A partir de hoje, está estabelecido o limite de R$ 1 mil para transferências realizadas entre oito horas da noite e seis horas da manhã.

A mudança valerá tanto para pessoas físicas quanto para microempreendedores individuais (MEIs) e para transferências entre contas do mesmo banco e cartões de débito (as TEDs). O usuário terá a opção de alterar os limites de transferências fazendo o cadastro prévio de contas-destino que poderão ultrapassar o valor de R$ 1 mil. Neste caso, a alteração também só vale após 24 horas do pedido.

O Pix já é oferecido pelos principais bancos e instituições financeiras, foi lançado em 2020, mas já faz parte da rotina dos brasileiros. Segundo o último balanço divulgado pelo BC, são 106,6 milhões usuário no Brasil, sendo atualmente uma das ferramentas mais populares para se realizar uma transação.

 

 

Deixe uma resposta