14 de abril de 2024

30 de janeiro de 2024

Viuva do Juiz Rui Vinhas é encontrada morta em casa; suspeito já foi preso

Maria Helena Mazzei Pereira era natural do Entroncamento de Valença e foi esposa do magistrado que dá o nome ao Palácio dos Mármores (Paço Municipal).

 

A viuva do juiz Rui Vinhas Pereira foi encontrada morta na noite desta quarta-feira (29) num apart hotel em Salvador, no bairro de Ondina, aonde ela morava.

Rui Vinhas faleceu em 2012 e foi homenageado em Valença: o Paço Municipal (Prefeitura) recebeu o nome do Juiz em 2016 como Palácio Dr. Rui Vinhas Pereira. Ele era Irmão de Dea (in memorian), Juju e Eni Vinhas.

O corpo de Maria Helena Mazzei Pereira, de 67 anos, foi encontrado por um parente e tinha lesões no rosto e na perna esquerda. Devido aos indícios de violência e por estar faltando pertences da vítima, a Polícia trabalhava com a hipótese de latrocínio – roubo seguido de morte – que foi confirmada com a prisão em flagrante de um homem que já confessou o crime.  

Segundo informações, ele é pintor e foi contratado para uma obra na casa da vítima e teria envolvimento com traficantes de drogas.

De acordo com o delegado, o assassino tinha livre acesso ao imóvel há cerca de uma semana porque trabalhava para uma imobiliária responsável pela reforma em dois apartamentos do prédio, sendo um deles o da vítima.

De acordo com o Balanço Geral, da TV Itapoan / Rede Record, o homem teria levado celular e uma bolsa com pertences da vítima.

A Polícia Civil informou que ele escondeu, em uma caixa de energia na Liberdade, um celular roubado após o assassinato.

Em nota, a administração do Ondina Apart lamentou a morte e se solidarizou com a família.

As imagens das câmeras de segurança fornecidas pelo apart hotel ajudaram a elucidar o caso, que está na 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico).

Maria Helena era mãe do advogado Gustavo Mazzei e também sogra do secretário da Fazenda da Bahia (Sefaz), Manoel Vitório.

A OAB Valença publicou Nota de Pesar: “externa condolências ao Advogado Gustavo Mazzei pela perda de sua mãe, dona Maria Helena Mazzei Pereira, os 67 anos. Mais uma vítima da violência que se tornou constante na sociedade brasileira. A Bahia e os baianos merecem paz”.

A mensagem publicada nas redes sociais da Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Valença – informa que o velório será na tarde desta quinta-feira (30), às 16 horas, no Cemitério Jardim da Saudade.

 

Deixe uma resposta