17 de janeiro de 2022

Rodocon instala placas de sinalização na BA-001 e logo depois manda retirar

A empresa responsável pela recuperação da estrada Itacaré x Valença atendeu a solicitação do Terreiro Bem Viver para garantir o tráfego seguro de veículos e pedestres no trecho em frente ao templo de Candomblé e a uma creche, ambos localizados na Graciosa, mas, logo depois, a sinalização sumiu.

0 111

 

No dia 28 de setembro, aconteceu uma reunião entre a empresa Rodocon, responsável pela execução dos serviços de recuperação da BA-001, trecho Itacaré x Valença, e o Terreiro Bem Viver para tratar da segurança da via em frente a uma creche municipal e ao templo.

O professor Luangomina, que é presidente do Instituto Costa do Dendê e sacerdote do Mbanza Lwangu Terreiro Bem Viver, localizado em Graciosa, em Taperoá, recebeu representantes da empresa contratada pelo Governo do Estado que são especialistas em segurança e meio ambiente para a instalação de redutores de velocidades no km 118, pista da BA 001. No local, além do Terreiro Bem Viver, está a Creche Oscar de Sousa Bulcão.

“Estou muito feliz pela instalação das placas de sinalização para que os motoristas que trafegam pela rodovia possam reduzir a velocidade ao passar em frente das instituições. Veículos, carretas, motos estão respeitando os alertas. Historicamente aconteceram muitos acidentes aqui na comunidade de Graciosa, porém, a partir de agora, esses problemas estarão sendo sanados. Vai reduzir ou até mesmo acabar com a ocorrências. Vamos pedir a Zambi, a Deus, a Jesus Cristo e a todas as forças sagradas que não tenhamos mais acidentes aqui no Km 118 da BA-001. Só tenho a agradecer aos representantes da empresa Rodocon que ouviram nosso pedido e do povo dessa localidade, pela sensibilidade de comparecer aqui hoje”.

Além das placas que avisam para a necessidade de diminuir a velocidade, a promessa era que seriam instalados redutores de velocidades numa distância prudente do povoado com colocação também de quebra-molas.

“Cuidar de vidas é o trabalho do Terreiro Bem Viver: zelar pelas crianças, pelos idosos, pessoas pessoas que mais precisam. Vamos continuar trabalhando pela segurança na mobilidade da comunidade Taperoense. Acreditamos que as vidas precisam ser preservadas e a ação simples contribuirá para isso. Basta articulação, diálogo e boa vontade para que as providências sejam tomadas”, completou o professor Luangomina.

A expectativa seria que no retorno às aulas presenciais, os estudantes poderiam se deslocar de maneira mais segura. No entanto, a empresa chegou a instalar as placas após a reunião e deu a palavra que atenderia ao pleito do líder religioso, mas no dia seguinte, mandou retirar deixando a via sem a sinalização, sem nenhuma explicação.

Com a atitude, os motoristas não tem nenhum aviso sobre a necessidade de redução de velocidade nem da presença dos quebra molas, tornando o trecho inseguro no quilômetro 118.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.