9 de agosto de 2022

Cairu parou a vacina em 35 anos

Por Luciano Neves

0 183

 

Destinos turísticos da Costa do Dendê com melhor administração da Vacinação na Pandemia avançam e melhor protegem sua gente, o turista e a sua economia.

Maraú: vacina disponível para pessoas com 18 anos ou mais.

Valença: vacina disponível para pessoas com 25 anos ou mais.

Itacaré: vacina disponível para pessoas com 20 anos ou mais.

No ritmo que Cairu vai, tenho a impressão que quando nestas cidades turísticas terminarem de vacinar toda a população adulta, por aqui nossa gente ainda estará sob a lentidão dos que podiam fazer um pouco mais.

Tá feio!

O Plano de Imunização Municipal, geralmente, é mais rápido nas cidades menores e tem tendência de descer a faixa etária com mais agilidade. Ou seja, quanto menor é a população adulta vacinável, mais célere o alcance de idades mais baixas. No caso de Cairu, o ritmo é lento desde o início, talvez pela falta de campanhas de incentivo, informações claras sobre os público-alvo, a deficiência da assessoria de comunicação em promover a segunda dose, além de milagrosamente não haver registro de casos em quantidade compatível com a liberada circulação de pessoas no Morro de São Paulo, o que tem causado estranheza na população, que acompanha os boletins epidemiológicos divulgados diariamente.

O cenário tem causado uma sensação de relaxamento quando às medidas sanitárias também estimulada pela falta de fiscalização por parte do poder público.

======

Sobre o autor:

Luciano Neves é administrador de empresas, ativista social, fundador e diretor do Sindicato dos Trabalhadores de Cairu.

======

Nesta coluna “Não é Bem Assim”, o leitor do Baixo Sul em Pauta encontra confrontos de ideias, debates, discussões, polêmicas e reflexões sobre temas importantes que estão em pauta. São vários pontos de vista para você formar a sua opinião. Personalidades de nossa região tem espaço para publicar artigos de sua autoria, com argumentos e posicionamentos que podem ajudar a compreender melhor alguns assuntos.

O que você vai ver por aqui: Vamos virar do avesso várias matérias que vemos publicadas por aí para que você possa se aprofundar na informação e saber que, por trás de algumas notícias, sempre podemos ver que “Não é bem assim”…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.