17 de janeiro de 2022

Conmebol confirma Copa América 2021 no Brasil

O governo federal não fechou ainda, segundo Ministro da Casa Civil.

0 11

 

“A Copa América de 2021 será disputada no Brasil. As datas de início e finalização do torneio estão confirmadas. As sedes e a tabela serão informadas pela Conmebol nas próximas horas”, escreveu hoje a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) em seu perfil no Twitter.

Após inúmeras incertezas sobre a organização e a negativa da Argentina em sediar a competição, o anúncio aconteceu nesta segunda-feira (31). Segundo a imprensa, as partidas serão disputadas entre junho e julho.

A decisão surpreendeu em meio às dúvidas sobre a confirmação da realização do evento e o crescente surto de coronavírus. Com mais de 460.000 óbitos e 16 milhões de infecções pela Covid-19, o Brasil tem o segundo maior número de mortes no mundo.

A Argentina e a Colômbia foram as duas primeiras candidatas como sede da competição, mas descartaram essa possibilidade pela piora na pandemia e protestos populares, respectivamente. A opção foi oferecida ao Brasil, que já sediou a Copa América em 2019, sendo campeão da edição do torneio. Segundo notícias veiculadas, o governo federal deu o sinal verde.

A Conmebol confirmou que as datas de disputa do torneio seguem conforme programado, entre 13 de junho e 10 de julho, e agradeceu a disposição do presidente Jair Bolsonaro, que “apoiou a iniciativa de imediato”, segundo comunicado divulgado.

“O Brasil vive um momento de estabilidade, tem infraestrutura comprovada e experiência acumulada e recente para organizar uma competição desta magnitude”, disse o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, por nota.

No entanto, na noite de hoje, o Ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, falou sobre a Copa América no Brasi em entrevista: “não tem nada certo”, mas que estão fazendo os esforços para atender a demanda da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e disse que amanhã dará uma posição definitiva sobre o assunto. O Secretário Nacional de Esportes, João Marcelo, endossou o discurso e não confirmou que o Brasil será o anfitrião.

A decisão depende dos governadores aceitarem receber os jogos. São Paulo já sinalizou positivamente e Pernambuco vetou.

Segundo algumas matérias publicadas, há a possibilidade de suspensão do Campeonato Brasileiro, caso se confirme que a Copa América será mesmo no Brasil e a previsão é que a final seja no Maracanã com a presença de público.

As opiniões se dividem sobre o país sediar o evento que trará delegações de jogadores de vários países em meio a terceira onda da pandemia. Partidos políticos anunciaram que pretendem ir ao STF para impedir.

O Governador da Bahia, Rui Costa (PT), declarou ao Jornal Nacional que os jogos não poderão acontecer na Bahia devido ao uso da Fonte Nova como hospital de campanha e disse que a prioridade no Estado é “salvar vidas humanas”. 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.