9 de agosto de 2022

Servidores Reda fazem manifestação na porta da Câmara

Na entrada do plenário para a sessão ordinária desta terça-feira, vereadores conversaram com um grupo de pessoas que pediam a permanência do vínculo contratual com a Prefeitura de Valença.

0 103

Uma comissão de servidores do Regime Especial de Direito Administrativo – REDA – abordaram os vereadores na entrada do prédio aonde funciona o plenário provisório da Câmara de Vereadores de Valença na tarde desta terça-feira, 18 de maio, dia em que acontece a sessão ordinária. O grupo segurava cartazes com palavras de ordem como “Fica Reda” e “Respeita o TAC”.

Na pauta de reivindicações, os funcionários que foram aprovados em processo seletivo temporário pedem a manutenção dos contratos e reclamam sobre uma possível exoneração que, segundo eles, será feita pela Prefeitura de Valença, sem comunicação prévia. Eles ressaltam que o caso está no Ministério Público, sendo assinado um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) para que os contratos sejam mantidos até a posse dos novos concursados nas respectivas funções.

Os representantes dos contatados dizem que há uma ameaça por parte da gestão municipal de demissão de todos os que possuem o vínculo no âmbito do Reda tendo como justificativa a diminuição do índice de pessoal visando cumprir os limites presidenciais determinadas pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Diante da iminência de desligamento, eles resolveram fazer uma mobilização para impedir, já que isso deixaria lacunas na administração, ensejando novas contratações.

Já os parlamentares mais ligados ao prefeito Jairo Baptista informam que tudo não passa de boatos.

O assunto deve entrar em pauta na sessão da Câmara de hoje, que pode ser acessada ao vivo pelo canal da TV Costa do Dendê no YouTube.

Acompanhe agora clicando no link abaixo:

Na fala dos vereadores, certamente o tema será abordado podendo vIrar uma indicação para realização de uma audiência pública ou encaminhamento para um diálogo com o executivo.

Nossa equipe de reportagem estará acompanhando o desenrolar dessa pauta para deixar a população informada sobre o desfecho dessa questão.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.